STF libera piadas com candidatos

Carlos Ayres Britto, ministro do Supremo Tribunal Federal, barrou a legislação contra as piadas de programas humorísticos envolvendo candidatos.

Segundo ele, o veto afetava o princípio constitucional da liberdade de expressão.

Comentários

↑ topo