26/09/2016

Primavera: Surpresas de Deus

Você já deve ter sido surpreendido ou surpreendida por alguém! Talvez no dia do seu aniversário, com uma festa surpresa, ou com um presente de alguém que você nem imaginava que te daria. Talvez você não esperava uma pessoa te perdoar e ela te perdoou, ou talvez você não esperava um milagre de alguém da sua família que estava enfermo, e ela foi curada.

Com cada um, especificamente, Deus tem um jeito, um jeito só Dele, de quem Ama incondicionalmente, de surpreender-nos! Seja nas pequenas ou nas grandes coisas, Deus tem um pedagogia diferente com cada um, e isso porque Ele, como ninguém mais, sabe do nosso sagrado, sabe o que estamos passando, sabe da nossa oração, e sabe o que realmente precisamos.

Tudo que Deus fez e faz é por amor a nós! É nisso que precisamos acreditar e confiar, porque talvez nada do que eu disse tenha acontecido com você, pelo contrario, suas surpresas tem sido desagradáveis, difíceis, e não confortantes…Mas a pergunta certa é : Qual estação, em minha vida, estou vivendo? E o que Deus quer falar comigo em tudo isso?

Adentramos o tempo da Primavera, um época linda, onde as flores brotam, onde a natureza fica mais bela, onde o tempo é mais favorável, o clima é mais aconchegante…uma estação maravilhosa. Na Canção Nova é um tempo das Surpresas de Deus, um tempo forte e oportuno para a providencia de Deus, na Obra que Ele mesmo suscitou, onde o inesperado acontece e ação de Deus é tocada de forma extraordinária! Não porque a Canção Nova merece ou a Canção Nova é melhor, nada disso, mas porque assim como  se vive bem este tempo, as outras estações foram bem vividas também. E assim precisa ser na vida de cada um de nós. Retomo a pergunta: Qual estação você esta vivendo, na sua vida? Talvez você esteja vivendo o inverno, um tempo de frio, de seca, de solidão…Mas que, sem esse tempo de sequidão, as flores não morreriam e não haveria a tal primavera.

Pra tudo tem seu tempo: ” Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;” (Eclesiastes 3,2). E por isso cada tempo precisa ser questionado e vivido, de forma a entender o que Deus quer realizar em nossas vidas.

Por: Iago Rangel

 

 

Comentários

↑ topo