Retiro

Retiro Popular - 20 de Março

Retiro Popular, itinerário espiritual

Dom Alberto orienta-nos através do Retiro Popular a vivermos bem o tempo Quaresmal.

20 de Março: 

19 de Março: 

18 de Março: 

17 de Março: 

16 de Março:

15 de Março:

14 de Março:

13 de Março:

12 de Março:

11 de Março:

10 de Março:

09 de Março:

08 de Março:

07 de Março:

06 de Março:

05 de Março:

04 de Março:

03 de Março:

02 de Março:

01 de Março:

 

Nesta jornada, precisamos recordar que estamos no Ano Mariano, e é com Maria que queremos trilhar este trajeto.

Somos convidados através do tema deste ano, a revermos nossa vivência do amor: “Um coração para amar”.

O amor é nossa primeira vocação. Saímos de Deus e para Ele somos atraídos. Deus é amor e trazemos também em nós a capacidade de amar; tarefa desafiante, por isso, pedimos o auxílio do Mestre: “Senhor fazei o meu coração semelhante ao Vosso!”  A escolha do amor é um caminho de realização.

Durante a Quaresma, somos chamados renunciar a nossa própria vontade para assumirmos a vontade e o projeto de Deus.

“Tomai, Senhor, e recebei a minha liberdade, a minha memória, a minha inteligência e toda a minha vontade, tudo o que tenho e tudo o que possuo. Vós me deste; a Vós, Senhor, o restituo. Tudo é Vosso, de tudo disponde segundo a Vossa vontade. Dai-me o Vosso amor e a Vossa graça, que isso me basta”.

É tempo propício para o exercício de superar vícios e apegos; e alimentar a alma com a orientação do Evangelho. Penitência é fazer o que precisamos, para vencermos o pecado. “Aos olhos da fé, nenhum mal é mais grave que o pecado, e nada tem consequências piores para os próprios pecadores, para a Igreja e para o mundo inteiro” (CIC n. 1489).

O Retiro Popular nos ajudará a vivermos  os exercícios espirituais, que são as práticas da Esmola, do Jejum e da Oração.

Acompanhe todos os dias aqui na Rádio Canção Nova o programa. Faça uma trajetória com Jesus, durante estes quarenta dias; e na intimidade do deserto, converse com Ele e deixe-o falar ao seu coração.

Adquira na loja Canção Nova

 

 

 

 

 

Comentários

↑ topo