Vocação

Qual é a sua vocação? Fique atento a voz de Deus

Vocação, qual é o chamado de Deus para sua vida?

Vocação seguimento

Vocação vem do latim “vocare”, que significa “chamar”. Desde o ventre materno, Deus chama:“O Senhor chamou-me desde o meu nascimento” (Is 49,1).

Sobre o chamado de Deus, São João Paulo II nos encoraja ao dizer que:”Não temam responder generosamente ao chamado do Senhor. Deixem que sua fé brilhe no mundo, que suas ações mostrem seu compromisso com a mensagem salvadora do Evangelho!”

Com efeito, quando nos voltamos totalmente para Deus, entregando nossas vidas em suas mãos e abrindo o coração para a escuta, ouviremos sua voz nos chamando. Todo ser humano é chamado a realizar uma grande obra, a ser santo e a mudar este mundo. Todavia, deixamos que o mundo venha e sufoque a voz de Deus que é suave e no barulho não escutamos a vontade Dele para nós.

O impacto ao ouvirmos o chamado de Deus é de sentirmos o medo, mas se confiarmos que Ele está no comando de nossa vida, o medo vai embora dando lugar a coragem de seguir em frente sem vacilar.

O Catecismo da Igreja Católica no parágrafo 27 diz que:”O desejo de Deus é um sentimento inscrito no coração do homem, porque o homem foi criado por Deus e para Deus. Deus não cessa de atrair o homem para Si e só em Deus é que o homem encontra a verdade e a felicidade que procura sem descanso.”

Somente em Deus seremos completamente felizes. Nele nos realizamos, pois Ele quer a nossa felicidade, que se inicia aqui e continua na eternidade ao Seu lado.

“Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá” (Salmo 37,5). A entrega sem reservas deixa as portas abertas para o Seu agir. Dessa forma, o chamado de Deus se realiza em nossas vida. Mais uma vez São João Paulo II nos ensina:  “Jovens, “se fordes aquilo que deveis ser, pegareis fogo ao mundo inteiro!””

Vocação é um desafio, Ele te espera.

Ouça a canção de Eliana Ribeiro “Consagrados para amar” :

Adquira produtos Canção Nova:

:: Livro Vocação um desafio de amor

Vocação um desafio de amor

 

Comentários

↑ topo